FANDOM


Um adendo à página Carreira Show Business, esta página apresenta todos os cartões de oportunidade recebidos na carreira Show Business, adicionada a The Sims 2 pelo pacote de expansão Vida de Universitário. Estão separados por português brasileiro (PT-BR) e português europeu (PT-PT) e em suas aparições para Sims do sexo masculino e feminino.

Na carreira Show Business, nem todos os níveis possuem um cartão de oportunidade, apenas os níveis 2, 3, 5, 7 e 9.

A chance de um cartão de oportunidade ser ativado varia em sua probabilidade de acontecer (incluída abaixo de cada nível) e o jogo, então, sorteará se o evento irá ou não ocorrer. Bons resultados podem gerar uma recompensa em dinheiro, pontos de habilidade ou uma promoção. Resultados ruins podem gerar uma perda de dinheiro, pontos de habilidade, rebaixamentos e até demissões.

Nível 2

Cartão de oportunidade — Nível 2: Dublê de Corpo
85% de chance de acontecer
[Sim] é chamado por sua agência para substituir o traseiro de um astro famoso em uma cena de chuveiro. Entretanto, conforme está se despindo, [Sim] descobre que uma grande espinha está crescendo em seu traseiro e que deixou todo o seu conjunto de maquiagem profissional em casa. [Sim] deve pedir ajuda a um de seus colegas no estúdio ou deve improvisar com uma maquiagem barata comprada em uma drogaria próxima?
Pedir Ajuda Maquiagem Barata

Com uma rápida olhada em volta, para ver se alguém está olhando, [Sim] timidamente pergunta a uma das figurantes no estúdio se ela pode ajudar. Ela fica com pena e empresta sua maquiagem de alta qualidade se, em troca, [Sim] passar algumas falas com ela. [Sim] concorda com entusiasmo e de boa vontade passa um tempo fazendo o papel de outro ator coadjuvante, enquanto ajuda sua salvadora a decorar as falas. Surpreendentemente, o diretor ouve por acaso a boa interpretação de [Sim] e o escala para outra cena, promovendo-o a Figurante.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Figurante.

Em pânico, [Sim] examina o estúdio e aborda um extra com seu problema desconcertante. Para seu horror, em vez de ajudar, o fofoqueiro vai direto ao diretor de elenco e expõe o aperto de [Sim] para pegar o papel para ele. [Sim] é expulso do estúdio e, envergonhado, perde o trabalho, além de um dia de salário.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorSem pagamento pelo dia.

[Sim] sai correndo do estúdio, vai até a drogaria e, freneticamente, procura por alguma maquiagem no seu tom de pele. Parece que anos se passam até que ele volte para o vestiário, aplique a maquiagem em seu traseiro e, depois, corra para o estúdio antes que alguém note a sua falta. Felizmente, a maquiagem não sai com água e a cena é gravada. [Sim] é escalado para mais 3 cenas e ganha §5.000 como bônus.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §5.000.

[Sim] corre até a drogaria mais próxima, procurando freneticamente por uma maquiagem nas prateleiras. Sem tempo a perder, ele volta voando para o vestiário, aplica a maquiagem em seu traseiro e num pulo só está no estúdio. Apesar da grande quantidade de maquiagem, o material barato sai com a água do chuveiro e a "deformidade" de [Sim] é exposta às câmeras. A cena está arruinada, é tarde para a agência mandar outra pessoa e [Sim] perde o trabalho.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 2: Dublê de Corpo
85% de chance de acontecer
[Sim] é chamada por sua agência para substituir o traseiro de uma estrela famosa em uma cena de chuveiro. Entretanto, conforme está se despindo, [Sim] descobre que uma grande espinha está crescendo em seu traseiro e que deixou todo o seu conjunto de maquiagem profissional em casa. [Sim] deve pedir ajuda a uma de suas colegas no estúdio ou deve improvisar com uma maquiagem barata comprada em uma drogaria próxima?
Pedir Ajuda Maquiagem Barata

Com uma rápida olhada em volta para ver se alguém está olhando, [Sim] timidamente pergunta a uma das figurantes no estúdio se ela pode ajudar. Ela fica com pena e empresta sua maquiagem de alta qualidade se, em troca, [Sim] passar algumas falas com ela. [Sim] concorda com entusiasmo, e de boa vontade passa um tempo fazendo o papel de outra atriz coadjuvante, enquanto ajuda sua salvadora a decorar as falas. Surpreendentemente, o diretor ouve por acaso a boa interpretação de [Sim] e a escala para outra cena, promovendo-a a Figurante.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Figurante.

Em pânico, [Sim] examina o estúdio e aborda uma extra com seu problema desconcertante. Para seu horror, em vez de ajudar, a fofoqueira vai direto ao diretor de elenco e expõe o aperto de [Sim] para pegar o papel para ela. [Sim] é expulsa do estúdio e, envergonhada, perde o trabalho, além de um dia de salário.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorSem pagamento pelo dia.

[Sim] sai correndo do estúdio, vai até a drogaria e, freneticamente, procura por alguma maquiagem no seu tom de pele. Parece que anos se passam até que ela volte para o vestiário, aplique a maquiagem em seu traseiro e, depois, corra para o estúdio antes que alguém note a sua falta. Felizmente, a maquiagem não sai com água e a cena é gravada. [Sim] é escalada para mais 3 cenas e ganha §5.000 como bônus.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §5.000.

[Sim] corre até a drogaria mais próxima, procurando freneticamente por uma maquiagem nas prateleiras. Sem tempo a perder, ela volta voando para o vestiário, aplica a maquiagem em seu traseiro e num pulo só está no estúdio. Apesar da grande quantidade de maquiagem, o material barato sai com a água do chuveiro e a "deformidade" de [Sim] é exposta às câmeras. A cena está arruinada, é tarde para a agência mandar outra pessoa e [Sim] perde o trabalho.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 2: Duplo
85% de chance de acontecer
[Sim] é chamado pela sua agência para substituir o traseiro de uma estrela famosa numa cena de chuveiro.
No entanto, enquanto se está a despir, o [Sim] descobre que lhe nasceu uma borbulha no traseiro e que deixou a sua maquilhagem profissional em casa.
Deve o [Sim] pedir ajuda a um dos seus colegas no plateau ou deve improvisar com maquilhagem barata da drogaria da esquina?
Pedir Ajuda Usar Base Barata

Olhando à sua volta para ver se alguém está a olhar, o [Sim] pede timidamente a um dos figurantes no plateau se o pode ajudar. Ele tem pena de [Sim] e empresta-lhe a sua maquilhagem de grande qualidade. Em troca, [Sim] tem de ler algum texto com ele.
[Sim] concorda logo e ajuda de bom agrado, assumindo o papel de outro actor secundário enquanto ajuda o seu salvador a aprender o texto.
Surpreendentemente, o realizador ouve o excelente desempenho do [Sim] e dá-lhe um papel noutra cena, promovendo-o a Figurante.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Figurante.

Em pânico, o [Sim] examina o plateau e aborda um figurante com o seu problema embaraçante. Para seu horror, em vez de o ajudar, o vilão vai direito ao director de actores e expõe o problema do [Sim] de modo a ficar com o papel.
[Sim] é posto fora do plateau, vermelho de embaraço, e perde o trabalho, bem como um dia de pagamento.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorSem pagamento pelo dia.

[Sim] sai a correr do plateau e vai até à drogaria da esquina à procura de alguma maquilhagem que possa corresponder ao seu tom de pele.
Parece que demora uma eternidade a voltar ao vestiário, espalha a maquilhagem no traseiro e corre para o plateau antes que alguém repare. Por sorte, a maquilhagem aguenta-se debaixo de água e a cena é salva.
[Sim] é contratado para mais 3 cenas, e recebe §5.000 como bónus de contratação.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §5.000.

[Sim] corre para a drogaria da esquina, percorrendo os corredores, em pânico, à procura de maquilhagem.
Sem tempo a perder, ele corre para o vestiário, espalha a maquilhagem no traseiro e volta a correr para o plateau. Apesar de ter aplicado bastante maquilhagem, esta desaparece sob a água do duche e a borbulha do [Sim] fica perante a câmara em grande plano.
A cena está arruinada, é demasiado tarde para a agência enviar outra pessoa e o [Sim] está no desemprego.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 2: Dupla
85% de chance de acontecer
[Sim] é chamada pela sua agência para substituir o traseiro de uma estrela famosa numa cena de chuveiro.
No entanto, enquanto se está a despir, a [Sim] descobre que lhe nasceu uma borbulha no traseiro e que deixou a sua maquilhagem profissional em casa.
Deve a [Sim] pedir ajuda a uma das suas colegas no plateau ou deve improvisar com maquilhagem barata da drogaria da esquina?
Pedir Ajuda Usar Base Barata

Olhando à sua volta para ver se alguém está a olhar, a [Sim] pede timidamente a uma das figurantes no plateau se a pode ajudar. Ela tem pena de [Sim] e empresta-lhe a sua maquilhagem de grande qualidade. Em troca, [Sim] tem de ler algum texto com ela.
[Sim] concorda logo e ajuda de bom agrado, assumindo o papel de outra actriz secundária enquanto ajuda a sua salvadora a aprender o texto.
Surpreendentemente, o realizador ouve o excelente desempenho da [Sim] e dá-lhe um papel noutra cena, promovendo-a a Figurante.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Figurante.

Em pânico, a [Sim] examina o plateau e aborda uma figurante com o seu problema embaraçante. Para seu horror, em vez de a ajudar, a malvada vai direita ao director de actores e expõe o problema da [Sim] de modo a ficar com o papel.
[Sim] é posta fora do plateau, vermelha de embaraço, e perde o trabalho, bem como um dia de pagamento.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorSem pagamento pelo dia.

[Sim] sai a correr do plateau e vai até à drogaria da esquina à procura de alguma maquilhagem que possa corresponder ao seu tom de pele.
Parece que demora uma eternidade a voltar ao vestiário, espalha a maquilhagem no traseiro e corre para o plateau antes que alguém repare. Por sorte, a maquilhagem aguenta-se debaixo de água e a cena é salva.
[Sim] é contratada para mais 3 cenas, e recebe §5.000 como bónus de contratação.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §5.000.

[Sim] corre para a drogaria da esquina, percorrendo os corredores, em pânico, à procura de maquilhagem.
Sem tempo a perder, ela corre para o vestiário, espalha a maquilhagem no traseiro e volta a correr para o plateau. Apesar de ter aplicado bastante maquilhagem, esta desaparece sob a água do duche e a borbulha da [Sim] fica perante a câmara em grande plano.
A cena está arruinada, é demasiado tarde para a agência enviar outra pessoa e o [Sim] está no desemprego.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Nível 3

Cartão de oportunidade — Nível 3: Figurante
15% de chance de acontecer
Lendo o roteiro, [Sim] percebe que é uma droga completa. Até mesmo ele, apenas um figurante, tem seus padrões e descobre alguns lugares onde acha que o roteiro pode ser bastante melhorado. [Sim] deve dar suas sugestões à diretora ou deve ficar na sua e fazer a cena como está originalmente escrita?
Dar Sugestões Não Dizer Nada

[Sim] junta toda a sua coragem e se aproxima da diretora, que está no meio de uma discussão com o produtor sobre quanto a cena está custando. Apesar do mau humor, a diretora ouve as sugestões de [Sim] para mudar o roteiro. Para total surpresa de [Sim], ela parece impressionada e concorda em fazer as alterações. A cena fica bem melhor e a diretora continua a pedir a opinião de [Sim] durante o restante da filmagem. [Sim] ganha 2 pontos de Criatividade, devido ao seu maior status.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Com o coração saindo pela boca, [Sim] rasteja em direção à diretora, que está gritando com o roteirista. [Sim] interrompe silenciosamente e começa a gaguejar suas idéias[sic] de mudanças, com a diretora fulminando-o com os olhos. Entretanto, não mais de um minuto depois, o roteirista fica louco, arrancando os cabelos e esbravejando como todos querem destruí-lo e ao seu roteiro perfeito. Por sua boca grande, [Sim] é chutado para fora do estúdio e multado em §1.000 por quebra de contrato.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorDedução de §1.000 dos fundos familiares.

Apesar dos problemas do roteiro, [Sim] está determinado a se esforçar, sem criar caso, e dá tudo o que pode. Sua energia faz com que seus colegas também se destaquem e, de repente, a cena parece funcionar para todo mundo! O elenco tem um desempenho estelar e a diretora faz uma menção especial para [Sim]. Como resultado do seu sucesso, o empresário de [Sim] consegue negociar um bônus de §10.000 em seu próximo contrato.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §10.000.

Contra seu bom senso, [Sim] fica em frente da câmera e encena suas falas horríveis, mas seu coração não está nelas. Não apenas [Sim] e o elenco têm um desempenho morno, mas a diretora parece que quer se matar de raiva. Mais tarde, [Sim] percebe que seu instinto estava certo: o filme é uma droga. Ele não consegue outro trabalho para salvar sua carreira e seu empresário não responde às suas ligações. Parece que [Sim] não tem mais trabalho.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 3: Figurante
15% de chance de acontecer
Lendo o roteiro, [Sim] percebe que é uma droga completa. Até mesmo ela, apenas uma figurante, tem seus padrões e descobre alguns lugares onde acha que o roteiro pode ser bastante melhorado. [Sim] deve dar suas sugestões ao diretor ou deve ficar na sua e fazer a cena como está originalmente escrita?
Dar Sugestões Não Dizer Nada

[Sim] junta toda a sua coragem e se aproxima do diretor, que está no meio de uma discussão com o produtor sobre quanto a cena está custando. Apesar do mau humor, o diretor ouve as sugestões de [Sim] para mudar o roteiro. Para total surpresa de [Sim], ele parece impressionado e concorda em fazer as alterações. A cena fica bem melhor e o diretor continua a pedir a opinião de [Sim] durante o restante da filmagem. [Sim] ganha 2 pontos de Criatividade, devido ao seu maior status.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Com o coração saindo pela boca, [Sim] rasteja em direção ao diretor, que está gritando com o roteirista. [Sim] interrompe silenciosamente e começa a gaguejar suas idéias de mudanças, com o diretor fulminando-a com os olhos. Entretanto, não mais de um minuto depois, o roteirista fica louco, arrancando os cabelos e esbravejando como todos querem destruí-lo e ao seu roteiro perfeito. Por sua boca grande, [Sim] é chutada para fora do estúdio e multada em $$Money:0:1 por quebra de contrato.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorDedução de §1.000 dos fundos familiares.

Apesar dos problemas do roteiro, [Sim] está determinada a se esforçar, sem criar caso, e dá tudo o que pode. Sua energia faz com que seus colegas também se destaquem e, de repente, a cena parece funcionar para todo mundo! O elenco tem um desempenho estelar e o diretor faz uma menção especial para [Sim]. Como resultado do seu sucesso, o empresário de [Sim] consegue negociar um bônus de §10.000 em seu próximo contrato.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §10.000.

Contra seu bom senso, [Sim] fica em frente da câmera e encena suas falas horríveis, mas seu coração não está nelas. Não apenas [Sim] e o elenco têm um desempenho morno, mas o diretor parece que quer se matar de raiva. Mais tarde, [Sim] percebe que seu instinto estava certo: o filme é uma droga. Ela não consegue outro trabalho para salvar sua carreira e seu empresário não responde às suas ligações. Parece que [Sim] não tem mais trabalho.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 3: Figurante
15% de chance de acontecer
Ao ler o argumento, o [Sim] percebe que este não vale nada. Embora ele seja apenas um figurante não deixa de ter os seus princípios, e o [Sim] descobre alguns pontos em que o argumento poderia ser muito melhorado.
Deve o [Sim] dar as suas sugestões ao realizador ou deve ficar calado e fazer a cena como está escrita?
Dar Sugestões Não Dizer Nada

[Sim] enche-se de coragem e aborda o realizador que está embrenhado numa discussão com o produtor sobre o custo da cena.
Apesar da sua má disposição, o realizador ouve o [Sim] sugerir algumas alterações ao argumento. Para total surpresa do [Sim], ele parece estar impressionado e concorda em fazer as alterações.
A cena fica tão melhor que o realizador continua a pedir a opinião do [Sim] durante o resto das filmagens. [Sim] ganha 2 pontos de Criatividade devido à sua posição melhorada.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Com o coração na garganta, [Sim] aproxima-se do realizador, que está aos gritos com o argumentista. [Sim] interrompe-os calmamente e começa a gaguejar as suas ideias para alterações, com o realizador a queimá-lo com os olhos.
Nem um minuto depois o argumentista entra em órbita, aos gritos sobre como toda a gente quer destruir o seu argumento perfeito.
Por ser desbocado, o [Sim] é posto fora do plateau e multado em $ $Money:0:1 por quebra de contrato.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorDedução de §1.000 dos fundos familiares.

Apesar dos problemas do argumento, o [Sim] está decidido a fazer o seu melhor e não fazer ondas, dando tudo o que tem. A sua energia traz também ao de cima o melhor dos seus colegas, e de repente a cena parece funcionar para toda a gente!
O elenco acaba por ter um desempenho de primeira categoria e o realizador faz um aceno especial ao [Sim].
Como resultado do seu sucesso, o agente do [Sim] consegue negociar um bónus de §10.000 no seu contrato seguinte.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §10.000.

Contra todos os seus instintos, o [Sim] avança para a frente da câmara e diz aquele texto horrível, mas não se consegue entusiasmar. Não só o [Sim] e o resto do elenco têm um desempenho indiferente, como parece que o realizador está à beira do suicídio.
Mais tarde o [Sim] percebe que o seu instinto tinha razão, o filme não presta. Ele não consegue nenhum trabalho e o seu agente não lhe atende o telefone. Parece que o [Sim] está no desemprego.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 3: Figurante
15% de chance de acontecer
Ao ler o argumento, a [Sim] percebe que este não vale nada. Embora ela seja apenas uma figurante não deixa de ter os seus princípios, e a [Sim] descobre alguns pontos em que o argumento poderia ser muito melhorado.
Deve a [Sim] dar as suas sugestões ao realizador ou deve ficar calada e fazer a cena como está escrita?
Dar Sugestões Não Dizer Nada

[Sim] enche-se de coragem e aborda o realizador que está embrenhado numa discussão com o produtor sobre o custo da cena.
Apesar da sua má disposição, o realizador ouve a [Sim] sugerir algumas alterações ao argumento. Para total surpresa da [Sim], ele parece estar impressionado e concorda em fazer as alterações.
A cena fica tão melhor que o realizador continua a pedir a opinião da [Sim] durante o resto das filmagens. [Sim] ganha 2 pontos de Criatividade devido à sua posição melhorada.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Com o coração na garganta, [Sim] aproxima-se do realizador, que está aos gritos com o argumentista. [Sim] interrompe-os calmamente e começa a gaguejar as suas ideias para alterações, com o realizador a queimá-la com os olhos.
Nem um minuto depois o argumentista entra em órbita, aos gritos sobre como toda a gente quer destruir o seu argumento perfeito.
Por ser desbocada, a [Sim] é posta fora do plateau e multada em $ $Money:0:1 por quebra de contrato.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.
Lembrança - CobradorDedução de §1.000 dos fundos familiares.

Apesar dos problemas do argumento, a [Sim] está decidida a fazer o seu melhor e não fazer ondas, dando tudo o que tem. A sua energia traz também ao de cima o melhor dos seus colegas, e de repente a cena parece funcionar para toda a gente!
O elenco acaba por ter um desempenho de primeira categoria e o realizador faz um aceno especial à [Sim].
Como resultado do seu sucesso, o agente da [Sim] consegue negociar um bónus de §10.000 no seu contrato seguinte.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §10.000.

Contra todos os seus instintos, a [Sim] avança para a frente da câmara e diz aquele texto horrível, mas não se consegue entusiasmar. Não só a [Sim] e o resto do elenco têm um desempenho indiferente, como parece que o realizador está à beira do suicídio.
Mais tarde a [Sim] percebe que o seu instinto tinha razão, o filme não presta. Ela não consegue nenhum trabalho e o seu agente não lhe atende o telefone. Parece que a [Sim] está no desemprego.

Penalidade:
Lembrança - DemissãoDemissão.

Nível 5

Cartão de oportunidade — Nível 5: Dublador de Desenhos
15% de chance de acontecer
[Sim] acordou na manhã do primeiro dia de gravação com uma laringite terrível, parecendo um sapo coaxando em seu leito de morte. O empresário de [Sim] insiste que o remédio especial para garganta de sua Tia Petúnia irá deixar sua voz boa num instante. [Sim] deve tomar o remédio ou deve ligar para a diretora de elenco avisando que está doente?
Tomar o Remédio Avisar Que Está Doente

[Sim] se arrasta até a mercearia local atrás dos ingredientes para fazer o remédio e passa toda a manhã preparando a mistura. O cheiro é terrível, mas, como por milagre, sua voz retorna tão logo o líquido viscoso passa por sua garganta. [Sim] tem um ótimo desempenho, o filme é um sucesso e isso o coloca no papel de Ator Coadjuvante em uma nova comédia romântica de verão.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Ator Coadjuvante.

[Sim] prepara a mistura de bruxa e dá um gole, quase desmaiando com o cheiro horrível. Só que, apesar do gosto ruim, o negócio realmente funciona. Por um tempo. No meio da gravação, de repente, o efeito do remédio desaparece e [Sim] não apenas volta ao seu terrível "coaxar" como também fica com urticárias espalhadas pelo corpo. O substituto de [Sim] assume o papel até que sua garganta melhore e ele perde um dia de salário.

Penalidade:
Lembrança - CobradorSem salário pelo dia.

Os ingredientes para o remédio da Tia Petúnia parecem muito estranhos e, de qualquer forma, [Sim] está muito doente para ir comprá-los. Com tristeza, ele liga para avisar à diretora de elenco que é melhor pegar outra pessoa para o trabalho. Entretanto, [Sim] fica sem saber o que falar quando a diretora diz que a voz terrível de [Sim] serve com perfeição para o vilão do filme. [Sim] ganha um bônus de §4.000 pelo novo papel e agora tem de descobrir como manter a laringite.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §4.000.

[Sim] liga para informar sobre sua condição infeliz e a resposta é desagradável. A Diretora de Elenco fica com pena, mas a sessão de gravações tem de começar hoje e, se [Sim] não pode comparecer, eles terão de fazer todo o trabalho com o substituto. [Sim] fica com fama de irresponsável e volta a ser Ator de Comerciais, vendendo sabão em pó e papel higiênico.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Ator de Comerciais.

Cartão de oportunidade — Nível 5: Dubladora de Desenhos
15% de chance de acontecer
[Sim] acordou na manhã do primeiro dia de gravação com uma laringite terrível, parecendo um sapo coaxando em seu leito de morte. O empresário de [Sim] insiste que o remédio especial para garganta de sua Tia Petúnia irá deixar sua voz boa num instante. [Sim] deve tomar o remédio ou deve ligar para o diretor de elenco avisando que está doente?
Tomar o Remédio Avisar Que Está Doente

[Sim] se arrasta até a mercearia local atrás dos ingredientes para fazer o remédio e passa toda a manhã preparando a mistura. O cheiro é terrível, mas, como por milagre, sua voz retorna tão logo o líquido viscoso passa por sua garganta. [Sim] tem um ótimo desempenho, o filme é um sucesso e isso a coloca no papel de Atriz Coadjuvante em uma nova comédia romântica de verão.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Atriz Coadjuvante.

[Sim] prepara a mistura de bruxa e dá um gole, quase desmaiando com o cheiro horrível. Só que, apesar do gosto ruim, o negócio realmente funciona. Por um tempo. No meio da gravação, de repente, o efeito do remédio desaparece e [Sim] não apenas volta ao seu terrível "coaxar" como também fica com urticárias espalhadas pelo corpo. A substituta de [Sim] assume o papel até que sua garganta melhore e ela perde um dia de salário.

Penalidade:
Lembrança - CobradorSem salário pelo dia.

Os ingredientes para o remédio da Tia Petúnia parecem muito estranhos e, de qualquer forma, [Sim] está muito doente para ir comprá-los. Com tristeza, ela liga para avisar ao diretor de elenco que é melhor pegar outra pessoa para o trabalho. Entretanto, [Sim] fica sem saber o que falar quando o diretor diz que a voz terrível de [Sim] serve com perfeição para a vilã do filme. [Sim] ganha um bônus de §4.000 pelo novo papel e agora tem de descobrir como manter a laringite.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §4.000.

[Sim] liga para informar sobre sua condição infeliz e a resposta é desagradável. O Diretor de Elenco fica com pena, mas a sessão de gravações tem de começar hoje e, se [Sim] não pode comparecer, eles terão de fazer todo o trabalho com a substituta. [Sim] fica com fama de irresponsável e volta a ser Atriz de Comerciais, vendendo sabão em pó e papel higiênico.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Atriz de Comerciais.

Cartão de oportunidade — Nível 5: Voz de Desenhos Animados
15% de chance de acontecer
[Sim] acorda na manhã do primeiro dia de gravações com um ataque terrível de laringite, a soar como um sapo à beira da morte. O agente do [Sim] insiste que o remédio especial para a garganta da sua Tia Petúnia o põe bom num instante.
Deve o [Sim] tomar o remédio, ou telefonar ao director de actores a dizer que está doente?
Tomar o Remédio Telefonar a Dizer que Está Doente

[Sim] arrasta-se até à mercearia da esquina à procura dos ingredientes para fazer o remédio e passa toda a manhã a fazê-lo.
Cheira horrivelmente mas, como que por milagre, a sua voz volta assim que a mistela horrível lhe desliza pela garganta.
[Sim] tem um bom desempenho, o filme é um sucesso e traz-lhe um trabalho como Actor Secundário na nova comédia romântica de Verão.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Actor Coadjuvante.

[Sim] mistura a mistela digna de uma bruxa e bebe-a, quase a desmaiar com o cheiro horrível. No entanto, apesar do sabor nefasto, a mistela resulta mesmo, durante um bocado.
A meio das gravações o remédio deixa de fazer efeito e o [Sim] não só volta à voz de sapo como também fica cheio de comichões.
O substituto do [Sim] tem de fazer o papel até a garganta estar curada e ele perde um dia de trabalho.

Penalidade:
Lembrança - CobradorSem salário pelo dia.

Os ingredientes do remédio da Tia Petúnia parecem horríveis e, seja como for, o [Sim] está demasiado doente para os ir buscar. Triste, ele liga ao director de actores para lhe dizer que é melhor ele encontrar outra pessoa para o papel.
No entanto, [Sim] fica espantado quando o director acha que a voz horrível do [Sim] é perfeita para o vilão do filme. [Sim] ganha um bónus de §4.000 pelo novo papel, e agora tem que encontrar uma maneira de não se curar da laringite.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §4.000.

[Sim] telefona a contar do estado em que se encontra e tem um grande choque. O director de actores até compreende, mas as gravações têm de começar hoje e se o [Sim] não pode participar, eles têm de usar o substituto para as gravações inteiras.
[Sim] ganha imediatamente a reputação de não ser de confiança e volta a ser um Actor Publicitário, a vender sabão e lenços de papel.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Actor Publicitário.

Cartão de oportunidade — Nível 5: Voz de Desenhos Animados
15% de chance de acontecer
[Sim] acorda na manhã do primeiro dia de gravações com um ataque terrível de laringite, a soar como um sapo à beira da morte. O agente da [Sim] insiste que o remédio especial para a garganta da sua Tia Petúnia a põe boa num instante.
Deve a [Sim] tomar o remédio, ou telefonar ao director de actores a dizer que está doente?
Tomar o Remédio Telefonar a Dizer que Está Doente

[Sim] arrasta-se até à mercearia da esquina à procura dos ingredientes para fazer o remédio e passa toda a manhã a fazê-lo.
Cheira horrivelmente mas, como que por milagre, a sua voz volta assim que a mistela horrível lhe desliza pela garganta.
[Sim] tem um bom desempenho, o filme é um sucesso e traz-lhe um trabalho como Actriz Secundária na nova comédia romântica de Verão.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Actriz Coadjuvante.

[Sim] mistura a mistela digna de uma bruxa e bebe-a, quase a desmaiar com o cheiro horrível. No entanto, apesar do sabor nefasto, a mistela resulta mesmo, durante um bocado.
A meio das gravações o remédio deixa de fazer efeito e a [Sim] não só volta à voz de sapo como também fica cheia de comichões.
A substituta da [Sim] tem de fazer o papel até a garganta estar curada e ela perde um dia de trabalho.

Penalidade:
Lembrança - CobradorSem salário pelo dia.

Os ingredientes do remédio da Tia Petúnia parecem horríveis e, seja como for, a [Sim] está demasiado doente para os ir buscar. Triste, ela liga ao director de actores para lhe dizer que é melhor ele encontrar outra pessoa para o papel.
No entanto, [Sim] fica espantada quando o director acha que a voz horrível da [Sim] é perfeita para a vilã do filme. [Sim] ganha um bónus de §4.000 pelo novo papel, e agora tem que encontrar uma maneira de não se curar da laringite.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §4.000.

[Sim] telefona a contar do estado em que se encontra e tem um grande choque. O director de actores até compreende, mas as gravações têm de começar hoje e se a [Sim] não pode participar, eles têm de usar a substituta para as gravações inteiras.
[Sim] ganha imediatamente a reputação de não ser de confiança e volta a ser uma Actriz Publicitária, a vender sabão e lenços de papel.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Actriz Publicitária.

Nível 7

Cartão de oportunidade — Nível 7: Estrela de Teatro
15% de chance de acontecer
Todo mundo é maluco pelo autor Plínio Vianna, mas o último roteiro dele que [Sim] recebeu não parece tão forte como os outros. [Sim] deveria aceitar o papel e confiar nas suas habilidade de atuação para dar vigor ao personagem ou deveria recusar e esperar por um papel melhor?
Aceitar o Papel Recusar o Papel

[Sim] decide que um sucesso com esse roteiro poderia levar a algumas coisas bem grandes. Algumas reuniões com o autor, algumas mudanças críticas na história e um novo número de dança criado por [Sim] fizeram maravilhas: a peça é um grande sucesso e [Sim] e o elenco foram chamados para uma temporada extra com audiências lotadas. [Sim] recebeu muitas indicações de prêmios e ganhou 2 pontos de Criatividade com todos os louvores.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Achando que algumas mudanças aqui e ali poderiam tornar um sucesso um roteiro manco, [Sim] aceita o papel. Contudo, imediatamente as coisas vão mal, já que o Sr. Plínio Vianna resiste em alterar qualquer coisa no seu precioso roteiro. [Sim] percebe que deveria se afastar desse pepino. O show acaba na primeira noite e [Sim] torna-se persona non grata em qualquer palco. O único lugar que conseguirá um trabalho é onde as pessoas não conseguem ver o seu rosto, e então não há outro jeito, senão voltar a dublar desenhos animados.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Dublador de Desenhos.

Educadamente, [Sim] recusa o papel, alegando compromissos já assumidos. Muito rapidamente, [Sim] percebe que seus instintos estavam corretos, já que a peça não passou da noite de estréia[sic], atacada pela crítica mordaz. Enquanto isso, [Sim] está livre para aceitar o papel principal em uma produção de "Hamlet", que está arrasando. Seu contrato rendeu §50.000 por seu papel nesse grande sucesso.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

Educadamente, [Sim] recusa o papel, mas então fica estarrecido quando a peça, sem a sua presença, torna-se o maior sucesso do ano, ganhando prêmios e tornando um grande astro qualquer um que tivesse feito o papel. [Sim] cai em depressão, perdendo 2 pontos de Carisma.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Cartão de oportunidade — Nível 7: Estrela de Teatro
15% de chance de acontecer
Todo mundo é maluco pelo autor Plínio Vianna, mas o último roteiro dele que [Sim] recebeu não parece tão forte como os outros. [Sim] deveria aceitar o papel e confiar nas suas habilidade de atuação para dar vigor ao personagem ou deveria recusar e esperar por um papel melhor?
Aceitar o Papel Recusar o Papel

[Sim] decide que um sucesso com esse roteiro poderia levar a algumas coisas bem grandes. Algumas reuniões com o autor, algumas mudanças críticas na história e um novo número de dança criado por [Sim] fizeram maravilhas: a peça é um grande sucesso e [Sim] e o elenco foram chamados para uma temporada extra com audiências lotadas. [Sim] recebeu muitas indicações de prêmios e ganhou 2 pontos de Criatividade com todos os louvores.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Achando que algumas mudanças aqui e ali poderiam tornar um sucesso um roteiro manco, [Sim] aceita o papel. Contudo, imediatamente as coisas vão mal, já que o Sr. Plínio Vianna resiste em alterar qualquer coisa no seu precioso roteiro. [Sim] percebe que deveria se afastar desse pepino. O show acaba na primeira noite e [Sim] torna-se persona non grata em qualquer palco. O único lugar que conseguirá um trabalho é onde as pessoas não conseguem ver o seu rosto, e então não há outro jeito, senão voltar a dublar desenhos animados.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Dublador de Desenhos.

Educadamente, [Sim] recusa o papel, alegando compromissos já assumidos. Muito rapidamente, [Sim] percebe que seus instintos estavam corretos, já que a peça não passou da noite de estréia, atacada pela crítica mordaz. Enquanto isso, [Sim] está livre para aceitar o papel principal em uma produção de "Senhora", que está arrasando. Seu contrato rendeu §50.000 por seu papel nesse grande sucesso.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

Educadamente, [Sim] recusa o papel, mas então fica estarrecida quando a peça, sem a sua presença, torna-se o maior sucesso do ano, ganhando prêmios e tornando uma grande estrela qualquer uma que tivesse feito o papel. [Sim] cai em depressão, perdendo 2 pontos de Carisma.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Cartão de oportunidade — Nível 7: Estrela de Teatro
15% de chance de acontecer
Toda a gente está entusiasmada com o escritor Eustácio G. Marateca-Polifilo, mas o seu último argumento, que o [Sim] recebeu, não parece ser tão forte como os outros.
Deve o [Sim] aceitar o papel e confiar nas suas capacidades como actor para o melhorar, ou deve rejeitar e esperar que surja um papel melhor?
Aceitar o Papel Rejeitar o Papel

[Sim] decide que um sucesso com o argumento pode levar a coisas muito maiores.
Algumas reuniões com o escritor, algumas mudanças importantes na história e um novo número musical que ele inventa fazem maravilhas. A peça é um sucesso estrondoso e o [Sim] e o resto do elenco preparam-se para uma temporada prolongada sempre com a casa esgotada.
[Sim] recebe imensas nomeações para prémios e ganha 2 pontos de Criatividade com todos os galardões.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Acreditando que algumas alterações aqui e ali podem transformar o argumento medíocre num sucesso, [Sim] aceita o papel.
No entanto, as coisas azedam imediatamente pois o Sr. Marateca-Polifilo resiste a quaisquer alterações ao seu precioso argumento. [Sim] apercebe-se de que devia ter mantido distância deste horror.
A peça fecha no dia de estreia, e o [Sim] é persona non grata em qualquer palco. O único lugar onde consegue trabalho é onde as pessoas não lhe vêem a cara, por isso ele despromove-se para Actor de Voz de Desenhos Animados.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Voz de Desenhos Animados.

[Sim] recusa o papel com um pedido de desculpas, invocando um compromisso anterior. Muito rapidamente ele se apercebe de que os seus instintos estavam certos, pois a peça acaba na noite de estreia com críticas muito más.
Entretanto, [Sim] estava livre para aceitar o papel principal numa produção de "Hamlet" que está sempre com a casa esgotada. O seu contrato dá-lhe §50.000 a ganhar pelo seu papel no sucesso estrondoso.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

[Sim] recusa-se educadamente a participar no espectáculo, mas fica horrorizado quando vê que a peça se torna o maior sucesso do ano sem ele, ganhando prémios e transformando o zé ninguém que ficou com o papel numa grande estrela.
[Sim] entra numa enorme depressão, perdendo 2 pontos de Carisma.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Cartão de oportunidade — Nível 7: Estrela de Teatro
15% de chance de acontecer
Toda a gente está entusiasmada com o escritor Eustácio G. Marateca-Polifilo, mas o seu último argumento, que a [Sim] recebeu, não parece ser tão forte como os outros.
Deve a [Sim] aceitar o papel e confiar nas suas capacidades como actriz para o melhorar, ou deve rejeitar e esperar que surja um papel melhor?
Aceitar o Papel Rejeitar o Papel

[Sim] decide que um sucesso com o argumento pode levar a coisas muito maiores.
Algumas reuniões com o escritor, algumas mudanças importantes na história e um novo número musical que ela inventa fazem maravilhas. A peça é um sucesso estrondoso e a [Sim] e o resto do elenco preparam-se para uma temporada prolongada sempre com a casa esgotada.
[Sim] recebe imensas nomeações para prémios e ganha 2 pontos de Criatividade com todos os galardões.

Recompensas:
Habilidade Criatividade+2 pontos de habilidade em Criatividade.

Acreditando que algumas alterações aqui e ali podem transformar o argumento medíocre num sucesso, [Sim] aceita o papel.
No entanto, as coisas azedam imediatamente pois o Sr. Marateca-Polifilo resiste a quaisquer alterações ao seu precioso argumento. [Sim] apercebe-se de que devia ter mantido distância deste horror.
A peça fecha no dia de estreia, e a [Sim] é persona non grata em qualquer palco. O único lugar onde consegue trabalho é onde as pessoas não lhe vêem a cara, por isso ela despromove-se para Actriz de Voz de Desenhos Animados.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Voz de Desenhos Animados.

[Sim] recusa o papel com um pedido de desculpas, invocando um compromisso anterior. Muito rapidamente ela se apercebe de que os seus instintos estavam certos, pois a peça acaba na noite de estreia com críticas muito más.
Entretanto, [Sim] estava livre para aceitar o papel principal numa produção de "A Dama das Camélias" que está sempre com a casa esgotada. O seu contrato dá-lhe §50.000 a ganhar pelo seu papel no sucesso estrondoso.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

[Sim] recusa-se educadamente a participar no espectáculo, mas fica horrorizada quando vê que a peça se torna o maior sucesso do ano sem ela, ganhando prémios e transformando a desconhecida que ficou com o papel numa grande estrela.
[Sim] entra numa enorme depressão, perdendo 2 pontos de Carisma.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Nível 9

Cartão de oportunidade — Nível 9: Diretor de Filmes de Sucesso
15% de chance de acontecer
Duas semanas antes do início das filmagens do explosivo filme de ação de [Sim], o ator principal sai de repente quando atrasam o seu prato de fruta e queijos. O currículo do formoso, mas desconhecido, Pedro Valentão acaba parando na mesa de [Sim], mas é um grande risco apostar no elenco de um filme tão caro. Por outro lado, [Sim] também poderia pegar o papel para si. [Sim] deve correr o risco com um nome desconhecido ou aceitar o fardo de ser tanto a estrela quanto o diretor?
Nome Desconhecido Aceitar o Papel

Pedro Valentão mostrou-se tão talentoso quanto é bonito e o filme decolou para o topo das bilheterias, com pessoas dando voltas no quarteirão para ver o charme muscular e o humor inteligente de Valentão. Mais ofertas para dirigir aparecem como enxurrada no escritório de [Sim] e seu estúdio mostra a sua apreciação com o adiantamento de um bônus de §50.000.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

[Sim] dá a Valentão o papel e imediatamente é atropelado pelo desastre quando descobrem que Valentão desmaia quando está sob luz forte. Não bastasse a fortuna que custam os atrasos na filmagem, em um acesso de ira o ator principal se manda do set de filmagem, pondo a produção em um colapso nervoso. Desesperado para conter o desastre, o estúdio arranca [Sim] do filme e o substitui por um estudante de cinema, sobrinho do dono do estúdio. [Sim] acaba tendo de aceitar trabalhar como Ator Coadjuvante em uma peça diurna.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Ator Coadjuvante.

[Sim] decide dirigir e atuar ao mesmo tempo, e quase se mata para fazer ambos. As leituras do roteiro, a direção dos outros atores, as negociações com os produtores e editores, tudo cobra o seu preço. Não obstante, a aposta dá certo e o filme é um sucesso instantâneo e fenomenal, com o nome de [Sim] sendo conhecido em todo o mundo e o estúdio ganhando centenas de milhões. Não há dúvidas de que, depois desse tipo de sucesso, [Sim] já é um Ícone.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Ícone.

O esforço de dirigir e atuar se mostra demais e [Sim] começa a atuar erraticamente no set, dando ordens estranhas ao elenco, sumindo por horas no seu trailer. Quando finalmente seu filme fica pronto, custou ao estúdio uma fortuna e recebe críticas tão ruins que nem chega a ser exibido nos cinemas, indo parar direto em vídeo. [Sim] perdeu 2 pontos de Carisma como resultado desse desastre.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Cartão de oportunidade — Nível 9: Diretora de Filmes de Sucesso
15% de chance de acontecer
Duas semanas antes do início das filmagens do explosivo filme de ação de [Sim], a atriz principal sai de repente quando atrasam o seu prato de fruta e queijos. O currículo da formosa, mas desconhecida, Lola Lânguida acaba parando na mesa de [Sim], mas é um grande risco apostar no elenco de um filme tão caro. Por outro lado, [Sim] também poderia pegar o papel para si. [Sim] deve correr o risco com um nome desconhecido ou aceitar o fardo de ser tanto a estrela quanto a diretora?
Nome Desconhecido Aceitar o Papel

Lola Lânguida mostrou-se tão talentosa quanto é bonita e o filme decolou para o topo das bilheterias, com pessoas dando voltas no quarteirão para ver o charme curvilíneo e o humor inteligente de Lânguida. Mais ofertas para dirigir aparecem como enxurrada no escritório de [Sim] e seu estúdio mostra a sua apreciação com o adiantamento de um bônus de §50.000.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

[Sim] dá a Lânguida o papel e imediatamente é atropelada pelo desastre quando descobrem que Lânguida desmaia quando está sob luz forte. Não bastasse a fortuna que custam os atrasos na filmagem, em um acesso de ira a atriz principal abandona o set de filmagem, pondo a produção em um colapso nervoso. Desesperado para conter o desastre, o estúdio arranca [Sim] do filme e a substitui por um estudante de cinema, sobrinho do dono do estúdio. [Sim] acaba tendo de aceirar trabalhar como Atriz Coadjuvante em uma peça diurna.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Atriz Coadjuvante.

[Sim] decide dirigir e atuar ao mesmo tempo, e quase se mata para fazer ambos. As leituras do roteiro, a direção dos outros atores, as negociações com os produtores e editores, tudo cobra o seu preço. Não obstante, a aposta dá certo e o filme é um sucesso instantâneo e fenomenal, com o nome de [Sim] sendo conhecido em todo o mundo e o estúdio ganhando centenas de milhões. Não há dúvidas de que, depois desse tipo de sucesso, [Sim] já é um Ícone

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Ícone.

O esforço de dirigir e atuar se mostra demais e [Sim] começa a atuar erraticamente no set, dando ordens estranhas ao elenco, sumindo por horas no seu trailer. Quando finalmente seu filme fica pronto, custou ao estúdio uma fortuna e recebe críticas tão ruins que nem chega a ser exibido nos cinemas, indo parar direto em vídeo. [Sim] perdeu 2 pontos de Carisma como resultado desse desastre.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Cartão de oportunidade — Nível 9: Realizador de Sucesso
15% de chance de acontecer
Duas semanas antes de começarem as filmagens do filme de acção de grande orçamento do [Sim], o actor principal abandona o plateau quando o cesto de fruta e queijo chega atrasado à sua caravana.
O curriculum do bem-parecido mas desconhecido João Almedina acabou de aterrar na mesa do [Sim], mas é um risco enorme dar-lhe o papel num filme tão caro. Como alternativa, o [Sim] pode aceitar ele próprio o papel.
Deve o [Sim] correr um risco com esta estrela novata ou deve suportar o fardo de ser ele a estrela e o realizador?
Dar o Papel a um Desconhecido Ficar com o Papel

O João Almedina acaba por provar ser tão talentoso como belo e o filme chega ao topo das receitas de bilheteira. As pessoas fazem fila em volta do quarteirão para ver o encanto musculado e a conversa bem-disposta do Almedina.
O escritório do [Sim] é inundado de mais propostas para realizar, e o estúdio mostra a sua gratidão com um bónus de §50.000.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

[Sim] dá o papel ao Almedina e acontece logo o primeiro desastre pois descobre-se que o Almedina desmaia com luzes fortes. Não só os atrasos estão a custar uma fortuna como o actor principal acaba por abandonar o plateau num ataque de fúria, lançando a produção no caos.
Preocupados com o desastre que vai aumentando, o estúdio afasta o [Sim] do filme e substitui-o pelo sobrinho do director do estúdio, que está a estudar cinema. [Sim] acaba por ter que trabalhar como Actor Secundário numa telenovela da tarde.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Actor Secundário.

[Sim] decide ser actor e realizador ao mesmo tempo, e quase se mata a fazê-lo. Leituras de argumento, dirigir os outros actores, negociar com os produtores e editores, tudo isso tem um grande peso.
No entanto, a aposta é bem-sucedida e o filme é um imediato e fenomenal sucesso. O nome do [Sim] torna-se conhecido em todos os lares e o estúdio ganha centenas de milhões. Não há dúvida, depois deste tipo de êxito o [Sim] é um Ícone.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Ícone.

A pressão de ser ao mesmo tempo estrela e realizador acaba por ser demasiado forte, e o [Sim] começa a ter um comportamento estranho no plateau, dando ordens estranhas ao elenco e desaparecendo na sua caravana durante horas a fio.
Quando o filme finalmente acaba, custou uma fortuna ao estúdio e recebe críticas tão más que não chega aos cinemas e passa directamente para vídeo. [Sim] perde $Local:0 $WordPoints:0 de $SkillName:1 como resultado do desastre.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Cartão de oportunidade — Nível 9: Realizadora de Sucesso
15% de chance de acontecer
Duas semanas antes de começarem as filmagens do filme de acção de grande orçamento da [Sim], a actriz principal abandona o plateau quando o cesto de fruta e queijo chega atrasado à sua caravana.
O curriculum da bem-parecida mas desconhecida Maria de Madeira acabou de aterrar na mesa da [Sim], mas é um risco enorme dar-lhe o papel num filme tão caro. Como alternativa, a [Sim] pode aceitar ela própria o papel.
Deve a [Sim] correr um risco com esta estrela novata ou deve suportar o fardo de ser ela a estrela e a realizadora?
Dar o Papel a um Desconhecido Ficar com o Papel

A Maria de Madeira acaba por provar ser tão talentosa como bela e o filme chega ao topo das receitas de bilheteira. As pessoas fazem fila em volta do quarteirão para ver a encanto sinuoso e a conversa bem-disposta da de Madeira.
O escritório da [Sim] é inundado de mais propostas para realizar, e o estúdio mostra a sua gratidão com um bónus de §50.000.

Recompensas:
Lembrança - DinheiroBônus de §50.000.

[Sim] dá o papel à de Madeira e acontece logo o primeiro desastre pois descobre-se que a de Madeira desmaia com luzes fortes. Não só os atrasos estão a custar uma fortuna como a actriz principal acaba por abandonar o plateau num ataque de fúria, lançando a produção no caos.
Preocupados com o desastre que vai aumentando, o estúdio afasta a [Sim] do filme e substitui-a pelo sobrinho do director do estúdio, que está a estudar cinema. [Sim] acaba por ter que trabalhar como Actriz Secundária numa telenovela da tarde.

Penalidade:
Lembrança - RebaixamentoRebaixamento a Actriz Secundária.

[Sim] decide ser actriz e realizadora ao mesmo tempo, e quase se mata a fazê-lo. Leituras de argumento, dirigir os outros actores, negociar com os produtores e editores, tudo isso tem um grande peso.
No entanto, a aposta é bem-sucedida e o filme é um imediato e fenomenal sucesso. O nome da [Sim] torna-se conhecido em todos os lares e o estúdio ganha centenas de milhões. Não há dúvida, depois deste tipo de êxito a [Sim] é um Ícone.

Recompensas:
Lembrança - PromoçãoPromoção a Ícone.

A pressão de ser ao mesmo tempo estrela e realizadora acaba por ser demasiado forte, e a [Sim] começa a ter um comportamento estranho no plateau, dando ordens estranhas ao elenco e desaparecendo na sua caravana durante horas a fio.
Quando o filme finalmente acaba, custou uma fortuna ao estúdio e recebe críticas tão más que não chega aos cinemas e passa directamente para vídeo. [Sim] perde 2 pontos de Carisma como resultado do desastre.

Penalidade:
Habilidade Carisma-2 pontos de habilidade em Carisma.

Curiosidade

  • No cartão de oportunidade do nível 7, algumas obras clássicas são nomeadas, entre elas:
    • Hamlet, peça de William Shakespeare. Mencionado caso o jogador obtenha um resultado positivo ao rejeitar a peça com um Sim masculino (em ambas versões brasileira e portuguesa).
    • Senhora (1875), romance urbano do escritor brasileiro José de Alencar. Mencionado caso o jogador obtenha um resultado positivo ao rejeitar a peça com um Sim feminino na versão brasileira do jogo.
    • A Dama das Camélias (1852), romance do escritor frances Alexandre Dumas, filho. Mencionado caso o jogador obtenha um resultado positivo ao rejeitar a peça com um Sim feminino na versão portuguesa do jogo.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.