Um adendo à página Carreira Segurança, esta página apresenta todos os cartões de oportunidade recebidos na carreira Segurança, adicionada a The Sims 2 pelo pacote de expansão Bichos de Estimação e disponível apenas para animais de estimação. Estão separados por português brasileiro (PT-BR) e português europeu (PT-PT) e em suas aparições para animais machos e fêmeas.

A chance de um cartão de oportunidade ser ativado varia em sua probabilidade de acontecer (incluída abaixo de cada nível) e o jogo, então, sorteará se o evento irá ou não ocorrer. Bons resultados podem gerar uma recompensa em dinheiro ou uma promoção. Resultados ruins podem gerar uma perda de dinheiro, rebaixamentos e até demissões.

Nível 1

Cartão de oportunidade — Nível 1: Vigia
50% de chance de acontecer
O chefe da agência Cães Antixeretas diz a [animal] para manter bisbilhoteiros longe dos caminhões de carga do seu cliente. Ao final do seu turno da noite, [animal] ouve um barulho esquisito que começa a soar de um dos caminhões. Uma investigação rápida no exterior do caminhão não revela nenhum cheiro estranho, apenas sons fracos vindos de dentro. Com ordens expressas para manter qualquer um longe dos veículos, [animal] não tem certeza do que fazer. [animal] deve investigar o caminhão ou isso é apenas uma distração que deve ser ignorada?
Investigar o Caminhão Ignorar o Barulho

Os instintos de [animal] levam a melhor e ele consegue entrar pelos fundos do caminhão. O interior do veículo está úmido e empoeirado, mas não demora muito até o nariz de [animal] encontrar a fonte do barulho - filhotes de cão! [animal] fica empolgado, mas percebe logo que os donos da carga não têm a melhor das intenções para com esses filhotinhos e começa a latir desesperado por ajuda. Um segurança ouve [animal] logo e chega até o local. Não demora muito até as autoridades serem chamadas e os donos dos caminhões são presos por maus tratos de animais. Como recompensa por exibir as qualidades de um grande cão de guarda, [animal] é promovido a Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Guarda.

A curiosidade de [animal] leva a melhor, mas, como diz o ditado, a curiosidade demitiu o cão. Uma inspeção rápida revela que a fonte do barulho é uma família de roedores tóxicos gigantes. Infelizmente, [animal] é extremamente alérgico a roedores tóxicos gigantes e começa a espirrar descontroladamente, lançando uma abundância de pêlos[sic] e saliva nos supercomputadores instalados nos fundos do veículo. Mais tarde, com caminhões que contêm pouco mais que um caríssimo lixo tecnológico, a companhia de carga exige uma satisfação. Dispostos a corrigir a situação, os supervisores da Cães Antixeretas decidem demitir [animal]! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Ordens são ordens e [animal] não tem posição na hierarquia para desobedecer. Apesar de ficar um tanto incomodado, [animal] acaba ignorando o barulho e segue em sua rotina de sentar e lançar olhares hostis a qualquer um que passe por ali. Depois de algumas horas, os supervisores da Cães Antixeretas saem dos fundos do caminhão de onde vinha o barulho - a situação toda era só um teste! Ao ignorar o barulho e obedecer às ordens, [animal] prova que merece uma promoção a Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Guarda.

[Animal] está convencido de que o barulho deve ser apenas um teste de seus supervisores e então deixa o caminhão pra lá. Quando seu substituto chega para [animal] poder voltar para casa, ele imediatamente vai até o caminhão investigar o barulho, apesar da atitude indiferente de [animal]. O substituto entra rapidamente no veículo e encontra o dono dos caminhões amarrado e amordaçado – ele foi roubado! Envergonhado, [animal] gane e implora por perdão com seu melhor olhar canino, mas o estrago está feito! O substituto é promovido e, infelizmente, [animal] perde o emprego. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 1: Vigia
50% de chance de acontecer
O chefe da agência Cães Antixeretas diz a [animal] para manter bisbilhoteiros longe dos caminhões de carga do seu cliente. Ao final do seu turno da noite, [animal] ouve um barulho esquisito que começa a soar de um dos caminhões. Uma investigação rápida no exterior do caminhão não revela nenhum cheiro estranho, apenas sons fracos vindos de dentro. Com ordens expressas para manter qualquer um longe dos veículos, [animal] não tem certeza do que fazer. [animal] deve investigar o caminhão ou isso é apenas uma distração que deve ser ignorada?
Investigar o Caminhão Ignorar o Barulho

Os instintos de [animal] levam a melhor e ela consegue entrar pelos fundos do caminhão. O interior do veículo está úmido e empoeirado, mas não demora muito até o nariz de [animal] encontrar a fonte do barulho - filhotes de cão! [animal] fica empolgada, mas percebe logo que os donos da carga não têm a melhor das intenções para com esses filhotinhos e começa a latir desesperado por ajuda. Um segurança ouve [animal] logo e chega até o local. Não demora muito até as autoridades serem chamadas e os donos dos caminhões são presos por maus tratos de animais. Como recompensa por exibir as qualidades de uma grande cadela de guarda, [animal] é promovida a Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Guarda.

A curiosidade de [animal] leva a melhor, mas, como diz o ditado, a curiosidade demitiu o cão. Uma inspeção rápida revela que a fonte do barulho é uma família de roedores tóxicos gigantes. Infelizmente, [animal] é extremamente alérgica a roedores tóxicos gigantes e começa a espirrar descontroladamente, lançando uma abundância de pêlos e saliva nos supercomputadores instalados nos fundos do veículo. Mais tarde, com caminhões que contêm pouco mais que um caríssimo lixo tecnológico, a companhia de carga exige uma satisfação. Dispostos a corrigir a situação, os supervisores da Cães Antixeretas decidem demitir [animal]! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Ordens são ordens e [animal] não tem posição na hierarquia para desobedecer. Apesar de ficar um tanto incomodada, [animal] acaba ignorando o barulho e segue em sua rotina de sentar e lançar olhares hostis a qualquer um que passe por ali. Depois de algumas horas, os supervisores da Cães Antixeretas saem dos fundos do caminhão de onde vinha o barulho - a situação toda era só um teste! Ao ignorar o barulho e obedecer às ordens, [animal] prova que merece uma promoção a Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Guarda.

[Animal] está convencida de que o barulho deve ser apenas um teste de seus supervisores e então deixa o caminhão pra lá. Quando seu substituto chega para [animal] poder voltar para casa, ele imediatamente vai até o caminhão investigar o barulho, apesar da atitude indiferente de [animal]. O substituto entra rapidamente no veículo e encontra o dono dos caminhões amarrado e amordaçado – ele foi roubado! Envergonhada, [animal] gane e implora por perdão com seu melhor olhar canino, mas o estrago está feito! O substituto é promovido e, infelizmente, [animal] perde o emprego. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 1: Afastador de Intrusos
50% de chance de acontecer
[Animal] recebe instruções do seu empregador, Cães Anti-Espreitas, para manter os bisbilhoteiros longe dos camiões de carga do cliente. No fim do turno da noite do [animal], começa a ouvir-se um som estranho vindo de um dos camiões. Uma investigação do exterior do camião não revela quaisquer sons estranhos, apenas sons sumidos vindos de dentro do camião. Com ordens precisas para manter toda a gente afastada, o [animal] não tem a certeza do que fazer. Deve o [animal] investigar o camião, ou isto é apenas uma distracção que deve ser ignorada?
Investigar o Camião Ignorar o Som

Ganham os instintos do [animal] e ele rapidamente entra no camião. O interior do camião é húmido e cheio de pó, mas o nariz do [animal] identifica a origem dos sons – cachorrinhos! A princípio excitado, [animal] depressa percebe que os donos dos camiões não têm as melhores intenções no que respeita às adoráveis bolinhas de pelo e o [animal] começa a ladrar freneticamente a pedir ajuda. Um guarda de segurança ouve o [animal] e chega ao local. São chamadas as autoridades e os donos dos camiões são presos por maus-tratos a cachorrinhos. Como recompensa por exibir as qualidades de um grande cão de segurança, [animal] é promovido a Animal de Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Animal de Guarda.

Ganha a curiosidade do [animal], mas como diz o ditado, a curiosidade Despediu o cão. Uma inspecção rápida revela que a origem do ruído é uma família de ratos tóxicos gigantes. Infelizmente, o [animal] é extremamente alérgica a ratos tóxicos gigantes e começa a espirrar incontrolavelmente, lançando uma abundância de pêlo[sic] de cão e baba para os super-computadores armazenados no fundo do camião. Mais tarde, com camiões cheios de pouco mais do que lixo extremamente caro de alta-tecnologia, a empresa de transportes pede explicações. Desejosos de rectificar a situação, os supervisores da Cães Anti-Espreita decidem Despedir o [animal]! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Ordens são ordens, e o [animal] está demasiado no fundo da pirâmide de comando para lhes desobedecer. Apesar de ficar irritado durante um bocado, [animal] acaba por ignorar o som e cumpre a sua rotina habitual de se sentar num lugar e olhar para todos os transeuntes com ar ameaçador. Ao fim de algumas horas, os supervisores do [animal] da Cães Anti-Espreita saltam de dentro do camião de onde vinha o barulho – toda a situação era apenas um teste! Ao ignorar o som e obedecer às ordens, [animal] provou que merece uma promoção a Animal de Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Animal de Guarda.

[Animal] está convencido de que o barulho é provavelmente apenas um teste dos seus supervisores, por isso o [animal] deixa o camião em paz. Quando chega o substituto para que o [animal] vá para casa, ele vai imediatamente para o camião, para investigar o som, apesar da atitude indiferente do [animal] perante o ruído. O substituto salta rapidamente para o camião, onde descobre o dodno[sic] dos camiões atado e amordaçado – fora assaltado! Embaraçado, [animal] pede perdão com os seus melhores olhos tristonhos, mas o estrago está feito! O substituto é promovido e, infelizmente, o [animal] é despedido. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 1: Afastadora de Intrusos
50% de chance de acontecer
[animal] recebe instruções do seu empregador, Cães Anti-Espreitas, para manter os bisbilhoteiros longe dos camiões de carga do cliente. No fim do turno da noite da [animal], começa a ouvir-se um som estranho vindo de um dos camiões. Uma investigação do exterior do camião não revela quaisquer sons estranhos, apenas sons sumidos vindos de dentro do camião. Com ordens precisas para manter toda a gente afastada, a [animal] não tem a certeza do que fazer. Deve a [animal] investigar o camião, ou isto é apenas uma distracção que deve ser ignorada?
Investigar o Camião Ignorar o Som

Ganham os instintos da [animal] e ela rapidamente entra no camião. O interior do camião é húmido e cheio de pó, mas o nariz do [animal] identifica a origem dos sons – cachorrinhos! A princípio excitado, [animal] depressa percebe que os donos dos camiões não têm as melhores intenções no que respeita às adoráveis bolinhas de pelo e o [animal] começa a ladrar freneticamente a pedir ajuda. Um guarda de segurança ouve a [animal] e chega ao local. São chamadas as autoridades e os donos dos camiões são presos por maus-tratos a cachorrinhos. Como recompensa por exibir as qualidades de um grande cão de segurança, [animal] é promovida a Animal de Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Animal de Guarda.

Ganha a curiosidade da [animal], mas como diz o ditado, a curiosidade Despediu o cão. Uma inspecção rápida revela que a origem do ruído é uma família de ratos tóxicos gigantes. Infelizmente, a [animal] é extremamente alérgica a ratos tóxicos gigantes e começa a espirrar incontrolavelmente, lançando uma abundância de pêlo de cão e baba para os super-computadores armazenados no fundo do camião. Mais tarde, com camiões cheios de pouco mais do que lixo extremamente caro de alta-tecnologia, a empresa de transportes pede explicações. Desejosos de rectificar a situação, os supervisores da Cães Anti-Espreita decidem Despedir a [animal]! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Ordens são ordens, e a [animal] está demasiado no fundo da pirâmide de comando para lhes desobedecer. Apesar de ficar irritada durante um bocado, a [animal] acaba por ignorar o som e cumpre a sua rotina habitual de se sentar num lugar e olhar para todos os transeuntes com ar ameaçador. Ao fim de algumas horas, os supervisores da [animal] da Cães Anti-Espreita saltam de dentro do camião de onde vinha o barulho – toda a situação era apenas um teste! Ao ignorar o som e obedecer às ordens, a [animal] provou que merece uma promoção a Animal de Guarda! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Animal de Guarda.

[animal] está convencida de que o barulho é provavelmente apenas um teste dos seus supervisores, por isso a [animal] deixa o camião em paz. Quando chega o substituto para que a [animal] vá para casa, ele vai imediatamente para o camião, para investigar o som, apesar da atitude indiferente da [animal] perante o ruído. O substituto salta rapidamente para o camião, onde descobre o dodno[sic] dos camiões atado e amordaçado – fora assaltado! Embaraçada, [animal] pede perdão com os seus melhores olhos tristonhos, mas o estrago está feito! O substituto é promovido e, infelizmente, a [animal] é despedida. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Nível 2

Cartão de oportunidade — Nível 2: Guarda
15% de chance de acontecer
Alguém está roubando guloseimas do depósito da Bom Pra Cachorro, a loja local de rações caninas especiais. [Animal] e seu parceiro, o farejador Duque, têm ordens de vigiar a loja para impedir mais roubos. Tarde da noite, os dois detectam um leve odor vindo dos fundos da loja e Duque sai para investigar, com seu nariz altamente treinado. Muito tempo se passa, não há sinal de Duque e [animal] começa a se preocupar. [Animal] deve continuar esperando até Duque voltar ou é hora de procurar por ele?
Esperar por Duque Procurar Duque

[Animal] sabe que há algo errado, mas tem certeza que Duque pode cuidar disso. O bom senso e a dedicação de [animal] ao trabalho valeram a pena! Inspeções de surpresa costumam vir na hora errada, especialmente para Duque, que foi pego tirando uma bela soneca nos fundos da loja. Furioso, o chefe informa Duque, com uma série de latidos e rosnados, que está demitido! A desgraça de um cão pode ser a alegria de outro e [animal] é promovido a Farejador de Muamba para substituir Duque! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Farejador de Muamba.

O que [animal] não sabe é que Duque conseguiu flagrar os bandidos, uma dupla de gambás nojentos, roubando um lote de quitutes. Infelizmente, Duque não tem a mesma força que [animal] e os gambás conseguem fugir com sua saborosa pilhagem. Se [animal] tivesse reagido à situação de forma inteligente, poderia ter ido atrás dos ladrões gambás! O chefe de [animal] informa que ele não está pronto para ser um cão de Guarda e lhe recomenda que recomece para aprender o básico. [animal] é rebaixado a Vigia! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Vigia.

Tem alguma coisa errada e [animal] não é de deixar um parceiro na mão! Indo aos fundos da loja atrás de Duque, [animal] o flagra roubando alguns quitutes – ele é um dos ladrões! Depois de uma breve briga, [animal] consegue prender Duque no chão, que revela todos os detalhes da operação de furto. Embora esteja desapontado com Duque, o chefe está satisfeito com o nariz que [animal] tem para descobrir o perigo e o promove a Farejador de Muamba! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Farejador de Muamba.

A curiosidade de [animal] é mais forte e ele vai para os fundos da loja procurar por Duque. Os ladrões, que estavam se escondendo, esperando pelo momento certo, atacam! Pegando um monte de quitutes, eles desaparecem antes que [animal] perceba que eles estão lá. Enquanto isso, [animal] descobre a razão do sumiço de Duque – ele estava dormindo em serviço. Os dois cães voltam para a frente da loja e a encontram totalmente bagunçada, com boa parte dos quitutes faltando. A Bom Pra Cachorro cancela seu contrato e [animal] e Duque são demitidos por negligência. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 2: Guarda
15% de chance de acontecer
Alguém está roubando guloseimas do depósito da Bom Pra Cachorro, a loja local de rações caninas especiais. [animal] e seu parceiro, o farejador Duque, têm ordens de vigiar a loja para impedir mais roubos. Tarde da noite, os dois detectam um leve odor vindo dos fundos da loja e Duque sai para investigar, com seu nariz altamente treinado. Muito tempo se passa, não há sinal de Duque e [animal] começa a se preocupar. [animal] deve continuar esperando até Duque voltar ou é hora de procurar por ele?
Esperar por Duque Procurar Duque

[animal] sabe que há algo errado, mas tem certeza que Duque pode cuidar disso. O bom senso e a dedicação de [animal] ao trabalho valeram a pena! Inspeções de surpresa costumam vir na hora errada, especialmente para Duque, que foi pego tirando uma bela soneca nos fundos da loja. Furioso, o chefe informa Duque, com uma série de latidos e rosnados, que está demitido! A desgraça de um cão pode ser a alegria de outro e [animal] é promovida a Farejadora de Muamba para substituir Duque! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Farejador de Muamba.

O que [animal] não sabe é que Duque conseguiu flagrar os bandidos, uma dupla de gambás nojentos, roubando um lote de quitutes. Infelizmente, Duque não tem a mesma força que [animal] e os gambás conseguem fugir com sua saborosa pilhagem. Se [animal] tivesse reagido à situação de forma inteligente, poderia ter ido atrás dos ladrões gambás! O chefe de [animal] informa que ela não está pronta para ser uma cão de Guarda e lhe recomenda que recomece para aprender o básico. [animal] é rebaixada a Vigia! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Vigia.

Tem alguma coisa errada e [animal] não é de deixar um parceiro na mão! Indo aos fundos da loja atrás de Duque, [animal] o flagra roubando alguns quitutes – ele é um dos ladrões! Depois de uma breve briga, [animal] consegue prender Duque no chão, que revela todos os detalhes da operação de furto. Embora esteja desapontado com Duque, o chefe está satisfeito com o nariz que [animal] tem para descobrir o perigo e a promove a Farejadora de Muamba! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Farejador de Muamba.

A curiosidade de [animal] é mais forte e ela vai para os fundos da loja procurar por Duque. Os ladrões, que estavam se escondendo, esperando pelo momento certo, atacam! Pegando um monte de quitutes, eles desaparecem antes que [animal] perceba que eles estão lá. Enquanto isso, [animal] descobre a razão do sumiço de Duque – ele estava dormindo em serviço. Os dois cães voltam para a frente da loja e a encontram totalmente bagunçada, com boa parte dos quitutes faltando. A Bom Pra Cachorro cancela seu contrato e [animal] e Duque são demitidos por negligência. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 2: Animal de Guarda
15% de chance de acontecer
Alguém anda a roubar comida do inventário da Biscoitos & Doces, a loja gourmet para cães do bairro. [animal] e o seu parceiro, o cheirador de contrabando Bóbi, têm ordens para guardar a loja, para impedir mais roubos. Perto do fim do turno, os dois cães detectam um odor suave que vem das traseiras da loja e o Bóbi parte para investigar com o seu nariz tão apurado. Passa-se bastante tempo e o Bóbi não aparece e o [animal] está a começar a ficar preocupado. O [animal] deve esperar que o Bóbi regresse, ou deve ir à procura dele?
Esperar pelo Bóbi Procurar Duque

[animal] percebe que se passa algo estranho, mas certamente o Bóbi consegue lidar com o que quer que seja. O bom-senso e a dedicação do [animal] ao trabalho trazem resultados! As inspecções-surpresa podem surgir nos piores momentos para alguns, especialmente para o Bóbi, pois foi encontrado a fazer uma soneca nas traseiras da loja. Furioso, o chefe informa o Bóbi através de uma série de latidos e rosnares de que foi despedido! A infelicidade de um cão pode levar a benefícios para outro, e o [animal] é promovido a Cheirador de Contrabando para substituir o Bóbi! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Cheirador de Contrabando.

Sem que o [animal] perceba, o Bóbi consegue apanhar os culpados, um par de doninhas criminosas, no momento em que elas roubam doces sortidos. Infelizmente, o Bóbi não tem os músculos do [animal] e as doninhas conseguem fugir com o saque. Se o [animal] tem lidado com a situação de maneira mais inteligente, teria conseguido apanhar as doninhas! O chefe do [animal] informa-o de que ele não tem espírito de Cão de Guarda e recomenda que o [animal] recomece a aprender os fundamentos básicos. [animal] é despromovido a Afastador de Intrusos. Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Afastador de Intrusos.

Algo não está bem e o [animal] não gosta de deixar um parceiro isolado! Ao chegar ás traseiras da loja, na direcção do Bóbi, o [animal] apanha o Bóbi a roubar doces -- ele é um dos ladrões! Depois de uma breve luta, o [animal] consegue imobilizar o Bóbi, e é nesse momento que o Bóbi conta todos os detalhes da conspiração. Embora desiludido com o Bóbi, o chefe fica satisfeito com o faro do [animal] para descobrir os problemas e promove o [animal] a Cheirador de Contrabando! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Cheirador de Contrabando.

A curiosidade do [animal] é demasiado forte e ele vai às traseiras da loja à procura do Bóbi. Os ladrões, que estavam escondidos na sombra à procura do momento certo, entram em acção! Com uma braçada de doces para cada, eles desaparecem da loja antes de o [animal] sequer perceber que lá estavam. Entretanto, o [animal] descobre a razão do desaparecimento do Bóbi -- ele andava a dormir em serviço. Os dois cães voltam à frente da loja e descobrem-na totalmente virada do avesso, faltando uma grande parte dos doces. A Biscoitos & Doces cancela rapidamente o seu contrato e o [animal] e o Bóbi são Despedidos por incompetência. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 2: Animal de Guarda
15% de chance de acontecer
Alguém anda a roubar comida do inventário da Biscoitos & Doces, a loja gourmet para cães do bairro. [animal] e o seu parceiro, o cheirador de contrabando Bóbi, têm ordens para guardar a loja, para impedir mais roubos. Perto do fim do turno, os dois cães detectam um odor suave que vem das traseiras da loja e o Bóbi parte para investigar com o seu nariz tão apurado. Passa-se bastante tempo e o Bóbi não aparece e a [animal] está a começar a ficar preocupada. A [animal] deve esperar que o Bóbi regresse, ou deve ir à procura dele?
Esperar pelo Bóbi Procurar o Bóbi

[animal] percebe que se passa algo estranho, mas certamente o Bóbi consegue lidar com o que quer que seja. O bom-senso e a dedicação da [animal] ao trabalho trazem resultados! As inspecções-surpresa podem surgir nos piores momentos para alguns, especialmente para o Bóbi, pois foi encontrado a fazer uma soneca nas traseiras da loja. Furioso, o chefe informa o Bóbi através de uma série de latidos e rosnares de que foi despedido! A infelicidade de um cão pode levar a benefícios para outro, e a [animal] é promovida a Cheiradora de Contrabando para substituir o Bóbi! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Cheiradora de Contrabando.

Sem que a [animal] perceba, o Bóbi consegue apanhar os culpados, um par de doninhas criminosas, no momento em que elas roubam doces sortidos. Infelizmente, o Bóbi não tem os músculos da [animal] e as doninhas conseguem fugir com o saque. Se a [animal] tem lidado com a situação de maneira mais inteligente, teria conseguido apanhar as doninhas! O chefe da [animal] informa-a de que ela não tem espírito de Cão de Guarda e recomenda que a [animal] recomece a aprender os fundamentos básicos. [animal] é despromovida a Afastadora de Intrusos. Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Afastadora de Intrusos.

Algo não está bem e a [animal] não gosta de deixar um parceiro isolado! Ao chegar ás traseiras da loja, na direcção do Bóbi, a [animal] apanha o Bóbi a roubar doces -- ele é um dos ladrões! Depois de uma breve luta, a [animal] consegue imobilizar o Bóbi, e é nesse momento que o Bóbi conta todos os detalhes da conspiração. Embora desiludido com o Bóbi, o chefe fica satisfeito com o faro da [animal] para descobrir os problemas e promove a [animal] a Cheiradora de Contrabando! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Cheiradora de Contrabando.

A curiosidade da [animal] é demasiado forte e ela vai às traseiras da loja à procura do Bóbi. Os ladrões, que estavam escondidos na sombra à procura do momento certo, entram em acção! Com uma braçada de doces para cada, eles desaparecem da loja antes de a [animal] sequer perceber que lá estavam. Entretanto, a [animal] descobre a razão do desaparecimento do Bóbi -- ele andava a dormir em serviço. Os dois cães voltam à frente da loja e descobrem-na totalmente virada do avesso, faltando uma grande parte dos doces. A Biscoitos & Doces cancela rapidamente o seu contrato e a [animal] e o Bóbi são Despedidos por incompetência. Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Nível 3

Cartão de oportunidade — Nível 3: Farejador de Muamba
75% de chance de acontecer
[animal] entra num trem para inspecionar as bagagens, aparentemente inofensivas, que chegam à estação. Ao entrar no vagão de bagagens, [animal] sente um aroma muito distinto: presunto, e em grande quantidade! Embora seja delicioso, o Conselho de Importação Alimentícia não aprova o processo de cura desse presunto, que envolve ervas raras para elevar seu preço de forma abusiva. Há duas opções: [animal] deve indicar a mala ao supervisor imediatamente ou pode voltar mais tarde e livrar-se do problema comendo o presunto no almoço.
Alertar o Supervisor Comer o Presunto

[animal] respeita a lei e as normas e, por isso, alerta seu supervisor imediatamente. Enquanto o presunto está sendo inspecionado, [animal] quase desmaia com o cheiro forte de tanto presunto. Uma inspeção maior revela mais malas, todas elas cheias com quilos do presunto ilegal e esse problema deixa de ser trivial. [animal] late para chamar o supervisor e logo quando ele vai inspecionar as outras malas, o dono da bagagem corre em direção à porta. Felizmente, o misterioso passageiro não vai muito longe, pois até mesmo sua roupa está sobrecarregada com grandes nacos do presunto ilegal. Disparando para dominar o passageiro, [animal] salta sobre suas costas e late triunfante. Por acabar com o esquema de contrabando de presunto, [animal] é promovido a Policial! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Policial.

[animal] e seu supervisor vasculham o compartimento e encontram rapidamente o naco de presunto. Enquanto obtêm as informações do contrabandista, eles ouvem um barulho vindo de outro vagão. Outro farejador descobriu uma bagagem suspeita, e saiu em perseguição ao suspeito! [animal] decide não participar da caçada, pois o contrabandista de presunto já está pego – grande engano! O homem que fugiu do outro farejador é um criminoso procurado, que conseguiu escapar pelos furos na segurança deixados por [animal]! Por não priorizar as situações corretamente, [animal] é rebaixado a Guarda! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Guarda.

[animal] sabe definir prioridades — contrabandear um presunto tão delicioso não deve ser motivo para uma prisão, desde que o presunto não entre na cidade. Depois de o dono da bagagem cair no sono, [animal] tira o presunto de fininho da mala e começa a comê-lo ali num cantinho. Ao terminar a refeição, [animal] sente o aroma de flores frescas. Por uma lei do século XIX, o transporte de flores frescas em trens é proibido. Para investigar melhor, [animal] coloca as donas das flores de lado para inspecionar sua bagagem. Quando as mulheres gentilmente explicam que estão a caminho de uma convenção de criadoras de lírios, [animal] as deixa ir com uma advertência. Elas ficam muito agradecidas e dão a [animal] um buquê de suas flores premiadas, que vale §5.000! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §5.000.

[animal] volta à bagagem com o presunto ilegal logo depois do horário de almoço. Depois de devorar a carne deliciosa, [animal] fica com muito sono e tira uma soneca ali no canto - esquecendo-se do tempo. [animal] acorda quando o trem começa a se mover, mas já é tarde demais para sair. Preso, [animal] tem de esperar até a estação seguinte para sair do trem. Depois de alguns atrasos e uma longa viagem de volta, [animal] volta ao seu posto e encontra um supervisor muito irritado, que logo o informa que está demitido! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 3: Farejadora de Muamba
75% de chance de acontecer
[animal] entra num trem para inspecionar as bagagens, aparentemente inofensivas, que chegam à estação. Ao entrar no vagão de bagagens, [animal] sente um aroma muito distinto: presunto, e em grande quantidade! Embora seja delicioso, o Conselho de Importação Alimentícia não aprova o processo de cura desse presunto, que envolve ervas raras para elevar seu preço de forma abusiva. Há duas opções: [animal] deve indicar a mala ao supervisor imediatamente ou pode voltar mais tarde e livrar-se do problema comendo o presunto no almoço.
Alertar o Supervisor Comer o Presunto

[animal] respeita a lei e as normas e, por isso, alerta seu supervisor imediatamente. Enquanto o presunto está sendo inspecionado, [animal] quase desmaia com o cheiro forte de tanto presunto. Uma inspeção maior revela mais malas, todas elas cheias com quilos do presunto ilegal e esse problema deixa de ser trivial. [animal] late para chamar o supervisor e logo quando ele vai inspecionar as outras malas, o dono da bagagem corre em direção à porta. Felizmente, o misterioso passageiro não vai muito longe, pois até mesmo sua roupa está sobrecarregada com grandes nacos do presunto ilegal. Disparando para dominar o passageiro, [animal] salta sobre suas costas e late triunfante. Por acabar com o esquema de contrabando de presunto, [animal] é promovida a Policial! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Policial.

[animal] e seu supervisor vasculham o compartimento e encontram rapidamente o naco de presunto. Enquanto obtêm as informações do contrabandista, eles ouvem um barulho vindo de outro vagão. Outro farejador descobriu uma bagagem suspeita, e saiu em perseguição ao suspeito! [animal] decide não participar da caçada, pois o contrabandista de presunto já está pego – grande engano! O homem que fugiu do outro farejador é um criminoso procurado, que conseguiu escapar pelos furos na segurança deixados por [animal]! Por não priorizar as situações corretamente, [animal] é rebaixada a Guarda! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Guarda.

[animal] sabe definir prioridades — contrabandear um presunto tão delicioso não deve ser motivo para uma prisão, desde que o presunto não entre na cidade. Depois de o dono da bagagem cair no sono, [animal] tira o presunto de fininho da mala e começa a comê-lo ali num cantinho. Ao terminar a refeição, [animal] sente o aroma de flores frescas. Por uma lei do século XIX, o transporte de flores frescas em trens é proibido. Para investigar melhor, [animal] coloca as donas das flores de lado para inspecionar sua bagagem. Quando as mulheres gentilmente explicam que estão a caminho de uma convenção de criadoras de lírios, [animal] as deixa ir com uma advertência. Elas ficam muito agradecidas e dão a [animal] um buquê de suas flores premiadas, que vale §5.000! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §5.000.

[animal] volta à bagagem com o presunto ilegal logo depois do horário de almoço. Depois de devorar a carne deliciosa, [animal] fica com muito sono e tira uma soneca ali no canto - se esquecendo do tempo. [animal] acorda quando o trem começa a se mover, mas já é tarde demais para sair. Presa, [animal] tem de esperar até a estação seguinte para sair do trem. Depois de alguns atrasos e uma longa viagem de volta, [animal] volta ao seu posto e encontra um supervisor muito irritado, que logo a informa que está demitida! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 3: Cheirador de Contrabando
75% de chance de acontecer
[animal] entra no comboio para inspeccionar bagagem aparentemente inofensiva que chega à estação. Ao entrar no vagão de bagagem, o [animal] apanha um cheiro muito especial: presunto, e em grandes quantidades! Embora delicioso, a Comissão de Aprovação de Comida Importada e Turismo não aprova o processo de cura do presunto, que envolve especiarias raras que fazem subir o preço do presunto desnecessariamente. Há duas opções: [animal] pode levar imediatamente o seu supervisor ao saco, ou pode voltar mais tarde e resolver o problema comendo-o ao almoço.
Alertar o Supervisor Comer o Presunto

[animal] respeita a lei e os regulamentos, por isso alerta imediatamente o seu supervisor. Enquanto o presunto é inspeccionado, o [animal] quase desmaia com o potente aroma de mais presunto. Uma investigação mais profunda revela mais sacos, todos cheios de quilos e quilos do presunto ilegal, tanto que deixa de ser um problema pequeno. [animal] ladra para chamar a atenção do supervisor, e quando este estende a mão para inspeccionar os outros sacos, o dono dos sacos corre para a porta. Felizmente, o misterioso passageiro não vai longe, pois até a sua roupa está cheia de pedaços de delicioso presunto ilegal. Avançando rapidamente para dominar o passageiro, o [animal] salta para as suas costas e ladra em triunfo. Por apanhar a quadrilha de contrabandistas de presunto ilegal, o [animal] é promovido ao Pelotão dos Animais de Estimação! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Pelotão dos Animais de Estimação.

[animal] e o seu supervisor investigam o compartimento e rapidamente descobrem o pedaço de presunto. Enquanto obtêm os dados pessoais do contrabandista de presunto, ouvem um barulho vindo de uma das outras carruagens. Outro cheirador de contrabando acabou de descobrir um saco suspeito e começou uma perseguição! [animal] decide não participar na perseguição, pois o contrabandista de presunto já foi apanhado -- um erro grave! O homem que fugiu do outro cheirados de contrabando é um criminoso muito procurado que consegue fugir pelos buracos na segurança provocados pela ausência do [animal]! Por não saber estabelecer prioridades, o [animal] é despromovido a Animal de Guarda! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Animal de Guarda.

[animal] sabe estabelecer prioridades – contrabandear delicioso presunto não deve resultar numa prisão, assumindo que o presunto nunca chega a entrar na cidade. Quando o dono do presunto adormece, o [animal] tira-o do saco e começa a comê-lo calmamente num canto. Perto do fim da refeição, o [animal] apanha o aroma de flores frescas. Devido a uma lei do século XIX, o transporte de flores frescas em comboios é estritamente proibido. Para investigar, o [animal] afasta as donas das flores para inspeccionar a sua bagagem. Quando as mulheres explicam, de maneira simpática, que estão a caminho de uma exposição de criadores de lírios, o [animal] deixa-as partir com um aviso. As mulheres ficam muito gratas e dão ao [animal] um ramo das suas flores premiadas, que por acaso valem §5.000! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §5.000.

Pouco depois do almoço o [animal] regressa à bagagem que contém o presunto ilegal. Depois de devorar a deliciosa carne, o [animal] fica muito sonolento e faz uma soneca num canto -- esquecendo-se completamente do tempo. [animal] acorda quando o comboio começa a andar, mas já é demasiado tarde para sair. Preso, o [animal] só pode sair na próxima paragem. Vários dias depois e uma longa viagem de volta, o [animal] regressa ao trabalho onde encontra um supervisor exasperado que o informa de que foi Despedido! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Cartão de oportunidade — Nível 3: Cheirador de Contrabando
75% de chance de acontecer
[animal] entra no comboio para inspeccionar bagagem aparentemente inofensiva que chega à estação. Ao entrar no vagão de bagagem, a [animal] apanha um cheiro muito especial: presunto, e em grandes quantidades! Embora delicioso, a Comissão de Aprovação de Comida Importada e Turismo não aprova o processo de cura do presunto, que envolve especiarias raras que fazem subir o preço do presunto desnecessariamente. Há duas opções: a [animal] pode levar imediatamente o seu supervisor ao saco, ou pode voltar mais tarde e resolver o problema comendo-o ao almoço.
Alertar o Supervisor Comer o Presunto

[animal] respeita a lei e os regulamentos, por isso alerta imediatamente o seu supervisor. Enquanto o presunto é inspeccionado, a [animal] quase desmaia com o potente aroma de mais presunto. Uma investigação mais profunda revela mais sacos, todos cheios de quilos e quilos do presunto ilegal, tanto que deixa de ser um problema pequeno. [animal] ladra para chamar a atenção do supervisor, e quando este estende a mão para inspeccionar os outros sacos, o dono dos sacos corre para a porta. Felizmente, o misterioso passageiro não vai longe, pois até a sua roupa está cheia de pedaços de delicioso presunto ilegal. Avançando rapidamente para dominar o passageiro, a [animal] salta para as suas costas e ladra em triunfo. Por apanhar a quadrilha de contrabandistas de presunto ilegal, a [animal] é promovida ao Pelotão dos Animais de Estimação! Recompensas:
Lembrança - Promoção.pngPromoção a Pelotão dos Animais de Estimação.

[animal] e o seu supervisor investigam o compartimento e rapidamente descobrem o pedaço de presunto. Enquanto obtêm os dados pessoais do contrabandista de presunto, ouvem um barulho vindo de uma das outras carruagens. Outro cheirador de contrabando acabou de descobrir um saco suspeito e começou uma perseguição! [animal] decide não participar na perseguição, pois o contrabandista de presunto já foi apanhado -- um erro grave! O homem que fugiu do outro cheirados de contrabando é um criminoso muito procurado que consegue fugir pelos buracos na segurança provocados pela ausência da [animal]! Por não saber estabelecer prioridades, a [animal] é despromovida a Animal de Guarda! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Animal de Guarda.

[animal] sabe estabelecer prioridades – contrabandear delicioso presunto não deve resultar numa prisão, assumindo que o presunto nunca chega a entrar na cidade. Quando o dono do presunto adormece, a [animal] tira-o do saco e começa a comê-lo calmamente num canto. Perto do fim da refeição, a [animal] apanha o aroma de flores frescas. Devido a uma lei do século XIX, o transporte de flores frescas em comboios é estritamente proibido. Para investigar, a [animal] afasta as donas das flores para inspeccionar a sua bagagem. Quando as mulheres explicam, de maneira simpática, que estão a caminho de uma exposição de criadores de lírios, a [animal] deixa-as partir com um aviso. As mulheres ficam muito gratas e dão à [animal] um ramo das suas flores premiadas, que por acaso valem §5.000! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §5.000.

Pouco depois do almoço a [animal] regressa à bagagem que contém o presunto ilegal. Depois de devorar a deliciosa carne, a [animal] fica muito sonolenta e faz uma soneca num canto -- esquecendo-se completamente do tempo. [animal] acorda quando o comboio começa a andar, mas já é demasiado tarde para sair. Presa, a [animal] só pode sair na próxima paragem. Vários dias depois e uma longa viagem de volta, a [animal] regressa ao trabalho onde encontra um supervisor exasperado que a informa de que foi Despedida! Penalidade:
Lembrança - Demissão.pngDemissão.

Nível 4

Cartão de oportunidade — Nível 4: Policial
85% de chance de acontecer
Durante uma sessão de treinamento rotineira da Polícia Animal, o tratador de [animal], Omar Ditto, pára[sic] de repente e ordena que todo o esquadrão também pare. Confuso, o esquadrão obedece, mas, antes que percebam algo errado, Omar amarra a todos. Ele começa um monólogo, no qual revela ser cúmplice dos gênios do crime da cidade num plano nefasto para corromper a Polícia Animal por dentro. [animal] consegue libertar suas patas das cordas sem ser visto por Omar, mas agora pensa no que fazer. O que [animal] deve fazer?
Distrair Omar Liberar os Outros

[animal] vê sua chance e a aproveita. No meio de uma declaração particularmente perturbada e maníaca de Omar, [animal] corre e começa a morder os calcanhares dele. Pego completamente de surpresa e frustrado por ser interrompido de forma tão rude, Omar começa a perseguir [animal] pela área. Enquanto isso, os outros policiais animais presos percebem a intenção de [animal] e trabalham em equipe para se libertar das cordas. Antes que possa prosseguir com seus planos, Omar é derrubado e dominado por uma onda de cães furiosos. Elogiada por salvar a integridade da Polícia Animal, e talvez a própria cidade, [animal] recebe uma recompensa de §1.618! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §1.618.

[animal] dispara enquanto Omar está tagarelando, mas o traidor não se importa, e continua seu tedioso monólogo. Mesmo que [animal] continue a morder os calcanhares para distraí-lo enquanto os outros escapam, Omar nem sequer pisca. Pasmo e sem mais idéias, [animal] corre para seus companheiros para libertá-los das cordas. Isso não cai muito bem com Omar, que rapidamente volta a amarrar [animal]. Outro esquadrão chega logo à cena e, quando perguntam sobre os outros amarrados, Omar os informa, falsamente, que são todos traidores. [animal] e os outros são prontamente rebaixados a Farejadores de Muamba – as primeiras vítimas do plano de Omar! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Farejador de Muamba.

[animal] sabe que não pode deter Omar sozinho e, por isso, espera pacientemente pelo momento certo. Assim que Omar dá as costas ao esquadrão amarrado para cerrar seus punhos de forma dramática sob o pôr-do-sol, [animal] se liberta de suas amarras e começa a morder as cordas para libertar seus companheiros. Omar se vira com um sorriso triunfante, apenas para encontrar todo o esquadrão pronto para a ação e disposto a corrigir a vergonha de ter sido capturado. Omar tenta fugir, mas não vai muito longe até ser derrubado por [animal] e todos os outros cães. Por manter-se concentrado sob pressão e por salvar o dia, [animal] recebe um bônus de § 2.500! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §2.500.

[animal] não sabe se pode deter Omar sozinho, por isso espera pelo momento certo. Achando que consegue se mover mais rápido do que Omar possa reagir, [animal] se liberta e tenta desamarrar seus companheiros. Embora o resto do esquadrão alerte [animal] e diga para enfrentar Omar sozinho, [animal] insiste em mexer nas cordas. Infelizmente, uma determinação tão canina faz [animal] voltar a ser preso. Não demora muito para outro esquadrão em patrulha vir até o resgate, mas Omar já fugiu e [animal] fica envergonhado. Por ter falhado em resolver a situação, [animal] é multado em § 300. Penalidade:
Lembrança - Cobrador.pngDedução de §300 dos fundos familiares.

Cartão de oportunidade — Nível 4: Policial
85% de chance de acontecer
Durante uma sessão de treinamento rotineira da Polícia Animal, o tratador de [animal], Omar Ditto, pára[sic] de repente e ordena que todo o esquadrão também pare. Confuso, o esquadrão obedece, mas, antes que percebam algo errado, Omar amarra a todos. Ele começa um monólogo, no qual revela ser cúmplice dos gênios do crime da cidade num plano nefasto para corromper a Polícia Animal por dentro. [animal] consegue libertar suas patas das cordas sem ser vista por Omar, mas agora pensa no que fazer. O que [animal] deve fazer?
Distrair Omar Liberar os Outros

[animal] vê sua chance e a aproveita. No meio de uma declaração particularmente perturbada e maníaca de Omar, [animal] corre e começa a morder os calcanhares dele. Pego completamente de surpresa e frustrado por ser interrompido de forma tão rude, Omar começa a perseguir [animal] pela área. Enquanto isso, os outros policiais animais presos percebem a intenção de [animal] e trabalham em equipe para se libertar das cordas. Antes que possa prosseguir com seus planos, Omar é derrubado e dominado por uma onda de cães furiosos. Elogiada por salvar a integridade da Polícia Animal, e talvez a própria cidade, [animal] recebe uma recompensa de § 1.618! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §1.618.

[animal] dispara enquanto Omar está tagarelando, mas o traidor não se importa, e continua seu tedioso monólogo. Mesmo que [animal] continue a morder os calcanhares para distraí-lo enquanto os outros escapam, Omar nem sequer pisca. Pasma e sem mais idéias[sic], [animal] corre para seus companheiros para libertá-los das cordas. Isso não cai muito bem com Omar, que rapidamente volta a amarrar [animal]. Outro esquadrão chega logo à cena e, quando perguntam sobre os outros amarrados, Omar os informa, falsamente, que são todos traidores. [animal] e os outros são prontamente rebaixados a Farejadores de Muamba – as primeiras vítimas do plano de Omar! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Farejador de Muamba.

[animal] sabe que não pode deter Omar sozinha e, por isso, espera pacientemente pelo momento certo. Assim que Omar dá as costas ao esquadrão amarrado para cerrar seus punhos de forma dramática sob o pôr-do-sol, [animal] se liberta de suas amarras e começa a morder as cordas para libertar seus companheiros. Omar se vira com um sorriso triunfante, apenas para encontrar todo o esquadrão pronto para a ação e disposto a corrigir a vergonha de ter sido capturado. Omar tenta fugir, mas não vai muito longe até ser derrubado por [animal] e todos os outros cães. Por manter-se concentrada sob pressão e por salvar o dia, [animal] recebe um bônus de § 2.500! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §2.500.

[animal] não sabe se pode deter Omar sozinha, por isso espera pelo momento certo. Achando que consegue se mover mais rápido do que Omar possa reagir, [animal] se liberta e tenta desamarrar seus companheiros. Embora o resto do esquadrão alerte [animal] e diga para enfrentar Omar sozinha, [animal] insiste em mexer nas cordas. Infelizmente, uma determinação tão canina faz [animal] voltar a ser presa. Não demora muito para outro esquadrão em patrulha vir até o resgate, mas Omar já fugiu e [animal] fica envergonhada. Por ter falhado em resolver a situação, [animal] é multada em§ 300[sic]. Penalidade:
Lembrança - Cobrador.pngDedução de §300 dos fundos familiares.

Cartão de oportunidade — Nível 4: Pelotão dos Animais de Estimação
85% de chance de acontecer
Numa sessão rotineira de treino com o Esquadrão K9, o tratador do [animal], Hanz LeSchuff, para subitamente e dá ordens a todo o pelotão para ficar imóvel. Confuso, o esquadrão cumpre a ordem mas, antes de perceberem que algo está errado, o Hanz ata-os todos. Hanz começa a fazer um monólogo, onde revela o seu acordo com os grandes criminosos da cidade e o seu plano nefasto para corromper o Esquadrão K9 a partir do interior. [animal] consegue libertar as patas da corda sem ser visto pelo tagarela Hanz, mas não sabe bem o que fazer agora. O que deve o [animal] fazer?
Distrair o Hanz Liberar os Outros

[animal] vê a sua oportunidade e aproveita-a. No meio de uma afirmação especialmente retorcida e maníaca do Hanz, o [animal] corre para ele e começa a morder os calcanhares do Hanz. Apanhado completamente de surpresa, e frustrado por ter sido interrompido, Hanz persegue o [animal]. Entretanto, os outros membros cativos do Pelotão dos Animais de Estimação percebem a intenção do [animal] e trabalham em conjunto para se libertarem. Antes de conseguir voltar ao seu plano, Hanz cai sobre uma pilha de cães peludos e é silenciado para sempre. Louvado por salvar a integridade do Pelotão dos Animais de Estimação, e talvez até a própria cidade, o [animal] recebe uma recompensa no valor de §1.618! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §1.618.

[animal] corre para o Hanz a meio de uma frase, mas o maléfico tratador nem repara e o seu monólogo continua e continua e continua. Embora o [animal] continue a morder-lhe os calcanhares para o distrair enquanto os outros fogem, Hanz nem pestaneja. Estarrecido e sem ideias, o [animal] tenta libertar os seus companheiros. Isto não cai muito bem junto do Hanz, que rapidamente volta a atar o [animal]. Em breve aparece outro pelotão, e quando fazem perguntas sobre os membros do pelotão que estão atados, Hanz informa-os, falsamente, de que são todos traidores. [animal] e os outros são imediatamente despromovidos a Cheiradores de Contrabando – as primeiras vítimas do plano do Hanz! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Cheirador de Contrabando.

[animal] sabe que não consegue apanhar o Hanz sozinho, por isso espera pacientemente pelo momento perfeito. Quando o Hanz se vira de costas para o pelotão atado para sacudir um punho ao pôr-do-sol, o [animal] salta das cordas que a prendem e começa a morder as cordas que prendem os outros membros do pelotão. Hanz vira-se com um sorriso triunfante, deparando com um pelotão inteiro pronto para entrar em acção e desejoso de rectificar o embaraço de terem sido capturados. Hanz tenta fugir, mas não vai longe, pois é apanhado pelo [animal] e os outros cães do pelotão. Por manter a calma sob pressão e por salvar o dia, o [animal] recebe um bónus de §2.500! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §2.500.

[animal] acha que não consegue apanhar o Hanz sozinho, por isso espera pacientemente pelo momento perfeito. Pensando que se consegue mexer mais depressa do que o Hanz consegue reagir, o [animal] tenta, de um salto, desatar os colegas do esquadrão. Embora o resto do esquadrão avise o [animal] e lhe diga para lidar sozinho com o Hanz, o [animal] continua a tentar cortar as cordas. Infelizmente, essa determinação faz o [animal] voltar a ser preso. Pouco depois aparece outro esquadrão em patrulha, mas o Hanz já desapareceu e o [animal] cai em desgraça. Por não saber resolver a situação, o [animal] é despromovido a Cheirador de Contrabando[1]. Penalidade:
Lembrança - Cobrador.pngDedução de §300 dos fundos familiares.

Cartão de oportunidade — Nível 4: Pelotão dos Animais de Estimação
85% de chance de acontecer
Numa sessão rotineira de treino com o Esquadrão K9, o tratador da [animal], Hanz LeSchuff, para subitamente e dá ordens a todo o pelotão para ficar imóvel. Confuso, o esquadrão cumpre a ordem mas, antes de perceberem que algo está errado, o Hanz ata-os todos. Hanz começa a fazer um monólogo, onde revela o seu acordo com os grandes criminosos da cidade e o seu plano nefasto para corromper o Esquadrão K9 a partir do interior. [animal] consegue libertar as patas da corda sem ser vista pelo tagarela Hanz, mas não sabe bem o que fazer agora. O que deve a [animal] fazer?
Distrair o Hanz Liberar os Outros

[animal] vê a sua oportunidade e aproveita-a. No meio de uma afirmação especialmente retorcida e maníaca do Hanz, a [animal] corre para ele e começa a morder os calcanhares do Hanz. Apanhado completamente de surpresa, e frustrado por ter sido interrompido, Hanz persegue a [animal]. Entretanto, os outros membros cativos do Pelotão dos Animais de Estimação percebem a intenção da [animal] e trabalham em conjunto para se libertarem. Antes de conseguir voltar ao seu plano, Hanz cai sobre uma pilha de cães peludos e é silenciado para sempre. Louvada por salvar a integridade do Pelotão dos Animais de Estimação, e talvez até a própria cidade, a [animal] recebe uma recompensa no valor de §1.618! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §1.618.

[animal] corre para o Hanz a meio de uma frase, mas o maléfico tratador nem repara e o seu monólogo continua e continua e continua. Embora a [animal] continue a morder-lhe os calcanhares para o distrair enquanto os outros fogem, Hanz nem pestaneja. Estarrecida e sem ideias, a [animal] tenta libertar os seus companheiros. Isto não cai muito bem junto do Hanz, que rapidamente volta a atar a [animal]. Em breve aparece outro pelotão, e quando fazem perguntas sobre os membros do pelotão que estão atados, Hanz informa-os, falsamente, de que são todos traidores. [animal] e os outros são imediatamente despromovidos a Cheiradores de Contrabando – as primeiras vítimas do plano do Hanz! Penalidade:
Lembrança - Rebaixamento.pngRebaixamento a Cheiradora de Contrabando.

[animal] sabe que não consegue apanhar o Hanz sozinha, por isso espera pacientemente pelo momento perfeito. Quando o Hanz se vira de costas para o pelotão atado para sacudir um punho ao pôr-do-sol, a [animal] salta das cordas que a prendem e começa a morder as cordas que prendem os outros membros do pelotão. Hanz vira-se com um sorriso triunfante, deparando com um pelotão inteiro pronto para entrar em acção e desejoso de rectificar o embaraço de terem sido capturados. Hanz tenta fugir, mas não vai longe, pois é apanhado pela [animal] e os outros cães do pelotão. Por manter a calma sob pressão e por salvar o dia, a [animal] recebe um bónus de §2.500! Recompensas:
Lembrança - Dinheiro.pngBônus de §2.500.

[animal] acha que não consegue apanhar o Hanz sozinha, por isso espera pacientemente pelo momento perfeito. Pensando que se consegue mexer mais depressa do que o Hanz consegue reagir, a [animal] tenta, de um salto, desatar os colegas do esquadrão. Embora o resto do esquadrão avise a [animal] e lhe diga para lidar sozinha com o Hanz, a [animal] continua a tentar cortar as cordas. Infelizmente, essa determinação faz a [animal] voltar a ser presa. Pouco depois aparece outro esquadrão em patrulha, mas o Hanz já desapareceu e a [animal] cai em desgraça. Por não saber resolver a situação, a [animal] é despromovida a Cheiradora de Contrabando[1]! Penalidade:
Lembrança - Cobrador.pngDedução de §300 dos fundos familiares.

Referências

  1. 1,0 1,1 A penalidade para esta escolha é descrita errada no cartão de oportunidade. No texto, diz-se que o animal será vítima de um rebaixamento. O animal, de fato, tem §300 removidos dos fundos familiares.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.